19.4.19

A ressurreição da flor

Entre a violência da chuva e a força que os raios de sol já têm nesta altura quando aparecem, andam os botões floridos em todo o seu esplendor.

O preto e branco que as nuvens criam sobre as cores das flores, parece-se com as páginas deste livro, também a preto e branco, onde as cores ficam reservadas às personagens principais, a alguns pormenores que os mais pequenos adoram tentar encontrar e ao verde do campo.
 
A história dos amigos construtores, que faz as delícias dos miúdos quando estão na mais ou menos eterna fase dos carros, parece, à primeira vista, uma história do tipo "Bob, o construtor". 
E, em certo sentido, é mesmo. Cada máquina, humanizada, tem a sua função na construção da cidade.

Só que a Escavadora, qual Principezinho, encontra um dia uma flor de quem passa a tratar.

Está a chorar, está a chorar — repete T, 2 anos, mal abrimos o livro.

Os dois não são os quatro, onde normalmente aparece a questão da morte e a perturbação que o choro da escavadora causa à miúda é muito maior do que a morte da flor.

Não sei se isso se passa porque a flor não está humanizada, ao contrário da escavadora, ou se porque já sabe que as flores morrem, mas nunca viu uma escavadora a chorar; o certo é que, o que a perturba, é o sofrimento da escavadora que fica e não a morte da flor que desaparece.

Até porque não desaparece: por entre as lágrimas, para lá do fumo das máquinas, a Escavadora repara nas sementes que a flor deixou quando morreu e, carregando-as carinhosamente na pá, sai da cidade em busca de um terreno bom para as semear.

No Carnaval semeámos milho, crougettes, abóboras e plantámos pimentos e tomates.
Agora, na Páscoa, esperávamos encontrar o fruto do nosso trabalho a crescer.
Mas os pássaros roubaram os grãos de milho e os pimentos estão raquíticos, porque vieram duas saraivadas e o gelo ficou nos campos durante dias.

Melhor sorte teve a Escavadora que conseguiu fazer brotar um lindíssimo campo de flores e matar saudades da sua amiga.

Escolho este livro para os dias da Páscoa. Não é um livro sobre ovos e coelhos, mas é um livro que mostra a possibilidade de redenção que se esconde na morte, sempre brutal e sempre difícil.
Santa Páscoa!
.................................................................................................
A escavadora e a flor
Editorial Bizâncio, 2019
Joseph Kuefler
isbn 9789725306086

Sem comentários :

Enviar um comentário

Designed by DigitalBeautiful