13.2.12

missing

Desaparecemos por duas semanas. Não sei bem o que se passou mas todos ficámos doentes, de cama, à séria e o tempo aparentemente passou à nossa volta. Só nós é que desaparecemos entre muitas febres, demasiados remédios e noites muito muito mal dormidas.

As pessoas saudáveis passam a ser estranhas quando olhamos para elas da janela do carro a caminho do médico. Há pessoas que andam e riem e apertam o casaco à frente por causa do frio. E fazem isso naturalmente sem nenhum esforço aparente. Será possível? Agora que estamos melhores percebemos que sim, é possível comer e apetecer ler um livro ou falar com alguém. Mas estar doente é mesmo desaparecer um bocadinho.

Que a Isabel escreve bem, muito bem, já eu sabia, mas este livro é mesmo bem caçado (gosto desta expressão que nunca uso). É um livro muito bem educado, digamos, na forma como fala de tudo o que tem de falar sem nunca usar a palavra-chave, a palavra-final, a palavra-fatal. E quem diria que há tanta graça e filosofia no desaparecimento de uma meia? Mas há mesmo, acreditem.
A estrada-fita da Madalena dá muito bem a volta, literalmente, a esta linda e difícil não-história que é a de um caminho onde todos estamos e que todos vamos percorrer até ao fim - ? A estrada é preta mas continua livro fora, sem fim.

Um dia o T disse-nos que não queria morrer. Tinha 4 anos e disse-o com um ar bastante triste. O J, o pai, acabou por lhe dizer que podia ser que não morresse.

Eu olhei-o com um ar muito reprovador ao que ele me respondeu "O que foi? Não está provado com toda a certeza que eu vá morrer!..."
Eu tenho muitas saudades, em geral, das pessoas, dos sítios, do passado, do futuro até. Por isso não gosto de imaginar desaparecer - eu ou os outros. Mesmo assim, acredito mesmo que vamos aparecer outra vez e que vamos aparecer bem melhores, por isso as saudades são sempre temporárias, certo amiga S?
..............................................
Para onde vamos quando desaparecemos?
Planeta Tangerina, 2011
texto Isabel Minhós Martins, ilustrações Madalena Matoso
isbn 9789898145352
oferecido! (obrigada M)
aqui (com desconto e presentes até ao final de fevereiro!)


[nota: todas as imagens deste postal, exceto a da estrada, são roubadas do site da Planeta Tangerina porque, depois de verificar a terrível qualidade das minhas, fui ver o que lá havia e as escolhidas por lá eram exatamente as que eu tinha escolhido!]

2 comentários :

  1. Viva,
    Enviei-lhe um post para o FB mas não sei se leu ou recebeu. Pediram-me sugestões para futuras aquisições da biblioteca cá da escola de títulos, preferencialmente, destinados ao 2º ciclo. Pode dar-me uma ajuda? Ando a (re)descobrir este universo pelo que ainda não me sinto muito à vontade. Obrigada.
    meu e-mail: visapereira@gmail.com

    ResponderEliminar
  2. Fiquei interessada, nunca tinha ouvido falar sobre tal.Beijiinhos :*
    @per_feitosparaoamor
    @ferly_victoria
    http://reverseobrlife.blogspot.com/

    ResponderEliminar

Designed by DigitalBeautiful