19.4.09

GRANDES II

Este é o outro GRANDE. Já aconteceu serem escolhidos em simultâneo como leitura de cabeceira - não tentem em vossas casas.
A história é muito louca.

Um dia chega um pacote a casa da família; é um pinguim. E todos os dias chega mais um. Mesmo TODOS os dias.

Ora é só fazer as contas para ver quantos são.

Além dos esforços para encaixar, literalmente,

os pinguins em casa, há que lidar com os mais diversos problemas.
O mais surrealista é que esta casa parece isolada do mundo: em nenhum momento, de entre as várias soluções tentadas ou sugeridas, nem por uma vez alguém sugere mandar os pinguins embora, ou oferecê-los a alguém, ou dá-los ao zoo. Não.

Eles (pinguins) chegam e eles (família) acatam!

Só o filho mais novo parece sempre divertido com o caso; a filha adolescente está histérica, claro.

No final, ficamos a saber que o excêntrico Tio Victor Emílio (este nome em português é muito castiço) é o responsável por esta acção tipo save the animals rebuscadíssima.
E explica. Com o degelo, os pinguins não têm capacidade de sobrevivência no Pólo Sul e o Tio lembrou-se desta solução muito prática de os transportar para o Pólo Norte: primeiro envia-os um por um ao longo de um ano para a irmã e sua família. Depois passa lá com o camião e segue viagem com o carregamento (contornando as regras de transporte de animais de espécies protegidas). Mesmo assim acaba por deixar para trás um dos pinguins, o Friorento. E a vida regressa ao normal. Só que no dia seguinte chega um novo pacote um bocadinho -

MAIOR!
.....................................................................................
365 pingúinos [365 pingouins]
Editorial Kókinos, 2007 [Editions Naïve, 2006]
Jean-Luc Fromental (texto), Joëlle Jolivet (ilustradora)
isbn 9788496629400
encontrado aqui
aqui e aqui
--------------------------------------------------------------------------------------
[se tivesse uma menina estaria a comprar-lhe este ou este... assim, talvez me fique por este]

5 comentários :

  1. Tão lindo. Confesso que este blog faz vir ai de cima o meu lado mais consumista - apetece ter estes livros todos!

    ResponderEliminar
  2. um horror, um horror... escrever e montar o blog é um pouco como as pessoas que comem chupa-chupas para deixarem de fumar: enquanto por aqui escrevo não ando às compras. mas confesso que, com o aproximar do meu aniversário, estou em pulgas para que os meus Pais me perguntem se quero alguma coisa para deixar cair parte da minha cada vez mais quilométrica wish list da amazon. muito infantil, diga-se de passagem, o desejo, o pedido e a lista.

    ResponderEliminar
  3. Meus caros,

    Vim ate aqui e deliciei-me... Parabens!
    Adorei a ideia do pinguim... Excelente e imagino-me ja dentro da estoria... E... o que terá o caixote no final? :D

    Beijinho
    CA

    ResponderEliminar
  4. aqui fica umas pistas: é branco e GRANDE!

    ResponderEliminar
  5. EU SEI O QUE É, POIS JÁ O LEMOS, MAS NÃO VOU DIZER, A NÃO SER QUE É MESMO MUITO GANDE. OBRIGADA, ESTE LIVRO FOI UMA SUGESTÃO QUE TIRÁMOS DESTA PRATELEIRA E SÓ POSSO DIZER QUE TODOS, OS PAIS E O FILHO, FICARAM DELICIADOS - DAS CORES, PASSANDO PELAS CARAS CÓMICAS DA FAMÍLIA, ÀS CONTAS DE MATEMÁTICA QUE DE CAMINHO SE VÃO FAZENDO, É UM LIVRO PARA EXPLORAR A VÁRIAS MÃOS. SUPER!!!
    ENTRETANTO, COMPREI TAMBÉM O "PANORAMA", PELA MESMA AUTORA, SOBRE OS ECOSSISTEMAS NO MUNDO, QUE SE APRESENTA NO MESMO LIVRO EM DUAS VERSÕES, A DE DIA E A DE NOITE. É UM LIVRO PARA CONTEMPLAR, PELA BELEZA DAS IMAGENS (PRETO E BRANCO) E PELO SEU FORMATO (“FORA DE FORMATO”) ORIGINAL, MAS SEM UMA INTRIGA MONTADA, COMO A DOS "365 PINGUINS".
    E O CALENDÁRIO DO ADVENTO?! SÃO 24 PINGUINS ANTES DA CHEGADA DO DIA DE NATAL, O 25...ANDO A GUARDÁ-LO, NÃO SEM ESFORÇO, DIGA-SE, PARA O FINAL DO ANO, AINDA NÃO O MOSTREI POR AQUI. SÓ ESPERO RESISTIR ATÉ DEZEMBRO...

    ResponderEliminar

Designed by DigitalBeautiful