14.4.17

Silêncio

Recortei estas frases do livro de Lucy:

Deus é Vida.
Deus dá a Vida.
Deus quer a Vida.
Deus ama a diferença.
Nunca ninguém viu Deus.
Todos podemos ajudar a fazer o mundo
mais bonito e cada vez melhor.
Deus criou os homens e as mulheres para serem felizes.
A nossa vida é como uma viagem.
Há algumas coisas difíceis de perceber
e alguma difíceis de fazer, mas o Espírito
de Deus dá-nos luz e força para nos 
ajudarmos uns aos outros nesta viagem.

É um livrinho pequeno, sem letras na lombada, daqueles que se perde nas prateleiras das livrarias. Na nossa prateleira tem lugar fixo para não o perder de vista. 

É discreto e magnífico, exatamente como as suas autoras. Julgo que a última vez que as encontrei juntas foi no dia de tempestade em que apresentámos o Quem na Feira do Livro. Não me esqueço disso. Lembro-me que lhes tentei agradecer convenientemente o facto de ali estarem naquele dia impossível, e acho que ainda lhes consegui agradecer este livro e o outro. Espero ter conseguido.

Não é para qualquer um, escrever um livro sobre Deus; ou ilustrá-lo. Há muito que o quero aqui pôr na prateleira, porque há muito nos acompanha, mas tenho algum pudor em falar sobre ele. As perguntas que já respondi com a sua ajuda, as orações que já aqui roubei quando estava sem forças para as fazer, não tenho — não quero, talvez — trazer para um postal.

 Há coisas assim tão delicadas e tão grandes ao mesmo tempo, que não sabemos como tocar-lhes.

A árvore que vemos nascer, crescer, mudar ao longo das páginas (apenas interrompida por duas páginas brancas que se abrem de vez em quando para nos dar a ler mais claramente uma parte do texto) está por todo o lado, aqui no campo, num esplendor de primavera de outro mundo.  Talvez por isso tenha decidido trazer o livro aqui hoje, no dia e hora do Silêncio.
 
De modo que não vou dizer muito; talvez possa só apontar como este livro é tão simples, rico, certeiro, corajoso e bonito nas palavras que o percorrem, como a terra e a água que vão da primeira à última página, sempre as mesmas, mas enchendo-se de vida.

Duma imensa riqueza, clareza e sabedoria de coração, tão raras de encontrar.
.........................................................................................
Deus é uma pergunta
Paulinas Editora, 2009
Lucy Wainewright texto, Madalena Matoso ilustrações
isbn 9789899508408

Sem comentários :

Enviar um comentário

Designed by DigitalBeautiful