22.9.15

A minha mão não me deixou

Mesmo antes de ler o jornal, cresci — como muita gente, suponho — a ler as tirinhas do Calvin na última página do Público. Pessoas mais impressionáveis (e mais novas, pronto) passaram até a encarnar a personagem. Até ao ponto de vir da escola o recado de que o menino dizia que não tinha feito os trabalhos de casa porque a sua mão não o tinha deixado. Alarme nas hostes da psicologia, calma absoluta em casa: a criança não só lia o Calvin, como achava era o Calvin. E não lhe apeteceu fazer os TPC.

Ora, a nova geração tem todo um rol de desculpas bem compiladas no magnífico Não fiz os trabalhos de casa porque... Um livro perigosíssimo, está claro, com avisos super-sábios incluídos, normalmente reservados ao mundo dos adultos, ali carimbados na contra-capa para qualquer miúdo ler e aprender: Cada desculpa deve ser usada apenas uma vez.

Com o regresso à escola, voltam também os trabalhos de casa e a discussão sobre se devem existir, quantos, em que idade, com que periodicidade. Aos miúdos a discussão passa-lhes ao lado. Davide Cali (autor dos magníficos Eu espero e Um dia, um guarda chuva) e Benjamim Chaud (que ilustra uns incríveis ursos), põem-se do lado dos miúdos para dar a volta à questão.

E criam um mundo surreal de desculpas completamente improváveis mas totalmente dentro do universo infantil tendencialmente otimista e catastrófico, ao mesmo tempo,

onde aparecem personagens de outros contos, o tio fixe, o circo, as plantas, os animais e outros seres estranhos, todos num gigantesco conluio para não o deixarem fazer os trabalhos de casa. Ele até tentou, mas —

A primeira vez que o B (e depois o T) reclamou com os TPC, continuei a fazer o que estava a fazer e disse-lhe que não os fizesse e que no dia seguinte dissesse à professora que não os tinha feito porque não lhe tinha apetecido; bufou e foi fazê-los.

Ou não.
..................................................................

Não fiz os trabalhos de casa porque...
Orfeu Mini, 2015
Davide Cali texto, Benjamim Chaud ilustrações 
isbn 9789898327499

1 comentário :

  1. Visito sempre este blog antes de comprar um livro aos meus filhos, ou para oferecer a outra criança, e nunca fiquei desapontada. Esta é mais uma maravilhosa sugestão e vai ser o livro do mês de Outubro lá para casa. Muito obrigada!!

    ResponderEliminar

Designed by DigitalBeautiful