7.7.09

perigo, drama e suspense

Quando neste inverno me saltaram à vista as horríveis letras vermelhas metalizadas deste livro (com um ar gótico, ou de outra coisa qualquer para a qual ainda não estou preparada), os olhos fugiram logo para o subtítulo: uma história de perigo, drama e suspense.
Abri e entusiasmei-me com as ilustrações.

Hesitei ao deparar-me com esta.

E também com esta.

Enfim, achei que ia ser sucesso e sucesso foi.
O Casaquinho Vermelho é uma revisitação da tradicional história do Capuchinho Vermelho.
Descobrimos que já cá há duas "A verdadeira história do Capuchinho Vermelho" uma pela Kalandraka e outra pela Ambar, mas não as temos.

Esta história está bem escrita, provocatória e com muito humor. Roça o politicamente incorrecto (para terem uma ideia, um dos grandes protagonistas é o vinho-tinto-que-a-avozinha-tanto gosta...)

mas talvez seja por isso mesmo que eles (e nós) gostamos tanto dela.
Na mira já está este dos mesmos autores, por ventura mais feminino. E depois de alguma investigação sobre este tema das histórias tradicionais revisitadas, pusemos mais uns na lista!

...................................................................................................
O Casaquinho Vermelho
Dinalivro, 2007
David Roberts texto, Lynn Roberts ilustração
isbn 9789725764527
encontrado aqui


--------------------------------------------------------------------------------------
Já esperamos ansiosamente por esta outra louca versão da Alice no País das Maravilhas!

9 comentários :

  1. também estou ansiosa. A "Alice no país das maravilhas" é uma história mesmo talhadinha para o Tim Burton, nem sei como levou tanto tempo a atirar-se a este filme!

    ResponderEliminar
  2. O meu filho de 3 anos é grande fã de todas as histórios em que entrem o lobo, desde o pedro e o lobo, capuchinho vermelho, os três porquinhos. Gostava de comparar todas essas histórias para ele. Tem sugestões de edições bonitas como estas?
    Obrigada,
    Paula

    ResponderEliminar
  3. E há ainda o "Baralhando Histórias" por Gianni Rodari, edição da Kalandraka, sobre a forma peculiar, "baralhada", de um avô contar a história do Capuchinho Vermelho à sua neta que, às tantas, fica vermelha de raiva, tal não é a confusão que seu avô faz. É bem divertido, por aqui adoramos...

    ResponderEliminar
  4. é a próxima sugestão!

    ResponderEliminar
  5. Upps! Fui desmancha-prazeres :( como mencionou o outro Capuchinho, também pela Kalandraka, pensei que talvez ainda não conhecesse este da mesma editora. Foi sem intenção, claro...

    ResponderEliminar
  6. não desmancha-prazeres, prepara prazeres! quem não conhece já está alerta!
    obrigada pelas sugestões

    ResponderEliminar
  7. Paula, na verdade não conheço grandes edições das histórias tradicionais mas também confesso que nunca procurei. Nas idas à quinta, nas férias, este é o eleito por isso não arranjei para cá: http://www.bulhosa.pt/detail.ud121?oid=664056&from_zone=Listagem+Por+Pesquisahá (os 3 porquinhos, caracolinhos de ouro, a cabra e os 7 cabritinhos e o patinho feio.)
    Alguém tem sugestões?

    ResponderEliminar
  8. Uma versão bem-humorada é a da Ambar, que entre cartas, bilhetinhos e notícias cómicas de jornal, nos faz descobrir “A Verdadeira História do Capuchinho Vermelho”. É um prato cheio para miúdos de 5, pelo menos a julgar pelo meu, mas de certeza para os de 3 também – é que aqueles papelinhos (tipo cartonados) podem mesmo ser retirados das páginas do livro e entre mãos próprias são naturalmente observados, lidos e avaliados, imagine-se portanto… Notei, porém, que acabámos a história com uma estranha sensação – a de que andamos mais ou menos enganados sobre a vida e a figura do “lobo mau” (sendo que a Capuchinho é apenas humana) mas nada que uma visita ao Centro de Recuperação do Lobo Ibérico não compense…

    ResponderEliminar
  9. "A Verdadeira História do Capuchinho Vermelho" parece-me bastante interessante, e sem tem algo que se pode retirar do livro tenho a certeza que o R. vai adorar. Vou procurar esse e pesquisar mais umas "coisinhas". Obrigada pela sugestão wahnon. E obrigada à SAL pelo blog, já fiz várias compras de livros que descobri aqui.

    ResponderEliminar

Designed by DigitalBeautiful