10.7.19

Pequenos concertos

É comum trazer para aqui livros sem palavras: são os meus favoritos porque são mesmo desafiantes.
Não são os meus favoritos para contar, confesso. Desde logo porque gosto de ler em voz alta e nunca fui de inventar histórias aos meus miúdos.

A minha mãe contava-me uma história inventada por ela, sem livro, e eu pedia sempre essa mesma, claro. Adorava a história e o facto da minha mãe a ter inventado para mim.
A minha avó contava-nos histórias de terror, a mim e aos meus primos, que nos faziam delirar — e morrer daquele medo bom! — também sem livro.

Eu sou dos livros. E das palavras nos livros. Mas o que acho mesmo fascinante como objeto são os livros só de imagem.

Já falei aqui mil vezes sobre isso, mas esta coleção da Pato Lógico vem provar a exigência de que falo nesses textos sob a etiqueta só imagem e que está contida nestes livros.
Experimentei mostrá-los ao R, 8, e depois ao B, 14. E a conclusão é que este livros, embora não tenham texto e sejam (aparentemente) de fácil leitura por qualquer pessoa, mesmo um não-leitor, são muito mais adequados ao universo do B do que o R. E não tem a ver com feitios ou interesses, mas com maturidade.

Chamam-se Desconcertinas porque são uma comprida página em fole e são mesmo desconcertantes. Grande nome para estes pequenos concertos.
Ainda bem que há vários leitores adultos que não têm vergonha de ler livros sem palavras. Eu não passo sem um bom romance ou livros de contos, acreditem. E não sou de todo dada a BD, embora goste muito de uma boa novela gráfica. Mas estes pequenos grandes livros enchem-me as medidas.

Espalhem-nos por aí!
....................................................................................
Impulso
Pato Lógico, 2019
André Letria
isbn 9799895434442
Degelo
Pato Lógico, 2019
André Letria
isbn 9799895434435

Sem comentários :

Enviar um comentário

Designed by DigitalBeautiful