28.2.18

Sonhar bonito

Ainda podemos receber sonhos pelo correio, foi o que pensei hoje ao folhear o Sonho de Susa Monteiro, logo depois de ter aberto o email que me traz as notícias quando acordo pela manhã.

Não sei se influenciada por esses terríveis acontecimentos, li esta história — que não tem palavras, mas que se lê — como uma história de fuga, como um sonho de paz.
 
A cor da pele do homem é preta; as outra cores são vibrantes e quentes, como as duma festa.

Nunca sorri, este homem, durante o sonho. Parece à coca, alerta, como o tigre que o acompanha. Acho até que está com medo. E dá ideia que não pode parar nunca, tem de correr sempre.

As histórias sem palavras têm esta riqueza, a de podermos, enquanto leitores, escolher a que queremos ler. Não são fáceis, mas são muito bonitas. Viva a Pato Lógico que vai construindo esta coleção preciosa que nos dá a ver a vida com as legendas que escolhemos.

Talvez por isso a página em que o homem me olha de frente, olhos nos olhos, me tenha deixado tão inquieta, a fazer-me lembrar o do miúdo em Damasco que nos interpela diretamente enquanto criança a quem não é permitido sonhar.

Que sonhos guardam, podem guardar, ainda as crianças da guerra?

Na minha história o homem encontra a menina Paz, digo eu, mas logo é levado de surpresa por umas garras ferozes que descem do céu. Há sonhos assim, interrompidos. Será que nos conseguiremos lembrar deles?

Quero acreditar que a caixa azul da última página para onde os animais mergulham, é uma possibilidade de futuro. Como quero acreditar que o miúdo sírio vai poder um dia sonhar.
Não quero reparar que o homem e o tigre se protegem desse turbilhão, porque quero acreditar que não são as cores das explosões da guerra que entram na caixa-futuro. Prefiro pensar que são um belíssimo arco-íris de cores novas que os vem puxar para a festa que o futuro pode ser.

Entretanto, esta noite, hei-de mostrar o Sonho aos meus miúdos com o privilégio de poder ouvir as suas histórias, diferentes da minha, com a certeza de que, depois de fecharem os olhos, irão sonhar bonito.
.................................................................................................................

Sonho
Pato Lógico, 2018
Susa Monteiro
isbn 9789899999817

Sem comentários :

Enviar um comentário

Designed by DigitalBeautiful