11.10.17

Auto-ajuda?

O título é arrepiante, não é? Até pode haver livros incríveis debaixo da etiqueta da auto-ajuda, sim, mas eu desconfio sempre.
De modo que quando a Alexandra me desafiou para a oficina que entretanto desenhámos para esta semana, fiquei muito reticente. Só que a uma pergunta do tipo De que modo pode um livro ajudar no dia-a-dia da educação dos miúdos?, a Alexandra responde dum modo muito semelhante ao meu, e por isso avancei para este desafio.

É que não falamos de livros didáticos, de auto, ou de hetero-ajuda. As crianças não são parvas e parece-nos que, se lhes lermos um livro chamado André aprende a partilhar na semana em fizeram um fita monumental para dividir a última fatia do bolo, vão sentir essa leitura como um gigante e paternalista dedo em riste

— ai ai ai, menino feio —,

e a coisa não vai funcionar.

Mas também concordamos que um livro pode resolver muita coisa e ser de facto ditático, no sentido de "procurar ensinar", como digo aqui muitas vezes a propósito de vários livros.

Achámos um chapéu não é um livro didático ou de auto-ajuda, mas pode ajudar muita gente, miúda e graúda, na difícil arte de partilhar.

Organizado em 3 partes, como se dum filme épico se tratasse, tem uma linguagem simples, com frases curtas e sem palavras difíceis. Difícil, só mesmo a decisão que a tartaruga tem de tomar.

Não é uma história paternalista, mas pode ser parentalista (pronto, não existe a palavra, mas percebem).
Há muitas histórias que nos ajudam a ser pais, a educar, a não dizer

— ai ai ai, menino feio,

dizendo em vez disso — eu sei que é difícil, mas parece-me que o caminho é por aqui.

As tartarugas de Jon Klassen andam por aí com outros animais, a aflorar situações que nos apertaram os corações quando éramos crianças. Situações do tipo não-faças-aos-outros-aquilo-que-não-gostas-que-te-façam-a-ti ou queres-mesmo-fazer-isso?. E tudo isto sobre uma lindíssima paleta hiper-neutra, para que não corramos o risco de nos distrairmos do assunto essencial.

Belíssima, esta espécie de fábula de Esopo ou de La Fontaine, contemporânea e intemporal.
.............................................................................................................................
Achámos um chapéu
Orfeu Mini, 2016
Jon Klassen
isbn 9789898327734

Sem comentários :

Enviar um comentário

Designed by DigitalBeautiful