5.7.13

Colados à leitura

Finalmente temos o cartão da biblioteca municipal.
Após anos de adiamento, fizemos finalmente a descida ao Calhariz, à Biblioteca Camões. E depois da primeira visita, fizemos outra e depois outra e agora andamos lá sempre caídos.
Contra a crise, a voracidade das leituras do B
e o vício de Astérix e Lucky Luke do T, a biblioteca revelou-se um grande achado.
um blogue de que gosto imenso em que uma das rubricas se chama This week's library book. Tudo se passa na Califórnia onde, como sabemos, toda a gente vive num filme e tudo é por isso possível. Confesso a minha imensa e prolongada inveja daquelas idas à biblioteca. Nunca me pareceu possível fazer aqui algo de semelhante. Mas é. Durante o ano escolar vai ser mais difícil, mas agora que já há o habito, parece-me que perdurará. E agora lá andamos nós de lá para cá, de cá para lá com o saco dos livros dum lado e o saco do melhor pão das redondezas do outro.
Lembro-me de quando lhes falámos a primeira vez do que era uma Biblioteca Municipal e da grande dificuldade que para eles foi perceber que não se tinha de pagar nada para podermos trazer os livros emprestados.
E se pensarmos bem nisso, no mundo em que hoje vivemos, é de facto uma coisa incrível.
Por isso aqui fica uma sugestão para este verão: cole-se à leitura, numa biblioteca perto de si.

2 comentários :

  1. Hão-de se cruzar por lá com as minhas, que são assíduas :)

    ResponderEliminar
  2. Assumi no meu blog que Prateleira de Baixo foi a inspiração para eu começar a apresentar o meu "Frasco de Letras".
    Não sei se é o momento certo, mas lancei-lhe um repto no post "Espécime". Sinta-se livre para aceitar ou recusar. É esse o espírito. Ana
    http://frascodememorias.wordpress.com/2013/09/12/especime/

    ResponderEliminar

Designed by DigitalBeautiful