20.3.10

Pai-árvore

(Isto é um postal entalado entre o Dia do Pai e o Dia da Árvore: como não deu para fazer um para cada, aqui fica um dois-em-um. Pois, e ainda fica a faltar o da Poesia.)

Os Pais são como as Árvores, como é esta árvore.
Com uma presença mais discreta que a da mãe, o pai está sempre lá quando precisamos dele, e precisamos dele muitas vezes para descansarmos um pouco

na sua sombra ou para lhe pedirmos os seus sábios ramos para construirmos a casa

que somos nós.
Depois

pensamos que já nem precisamos assim tanto dele

mas regressamos

sempre pelas razões mais incríveis,

grandes ou ínfimas, e o pai dá sempre,

-se sempre, normalmente sem muitas palavras

mas sempre feliz e presente e necessário, como é esta árvore.
......................................................................
A árvore generosa
Bruaá, 2008
Shel Silverstein
isbn 9789898166005
primeiro visto aqui
comprado aqui

1 comentário :

  1. Também este anda, por estes dias, à solta lá na escola...
    Livros assim, que dizem muito com tão pouco, são raros... é lindo!

    ResponderEliminar

Designed by DigitalBeautiful