17.7.09

vintage III

A febre do futebol chegou cedo a esta casa, por isso, no seguimento desta bela festa,



(bolas por todo o lado)
mostramos hoje uma recente aquisição vintage.
Encontrar livros engraçados à volta do futebol é dificílimo.

Temos O jovem futebolista encontrado num alfarrabista: é uma espécie de enciclopédia juvenil com fotografias de passes e defesas - interessantíssimo - em que as ilustrações são fotografias.
Temos O futebol da colecção mini-doc que explica as regras e a história do futebol e é mais ou menos engraçado (as ilustrações e as propostas para o manejar do livro).
Depois, há o mais disputado, uma espécie de BD do Benfica sobre o Benfica narrada pela águia Victória. Enfim, sou- somos todos! - bons benfiquistas e agora há este mas não é bem disto que estou à procura. A verdade é que não conheço uma boa história em volta do futebol.

Por isso, quando encontrei este livro de Jorge Amado, trouxe-o sem ler mais do que a primeira frase: "Vou contar a quem queira ouvir a história da bola Fura-Redes e do goleiro Bilô-Bilô Mão Podre, o Cerca-Frangos, uma historinha para ninguém botar defeito, breve e louca como a vida".

A história é bastante estranha já que põe num mesmo plano de personagens os jogadores e a bola. Esta apaixona-se por um guarda-redes e já não quer mais ser Fura-redes

para ir cair direitinha nos braços do seu amado!
As ilustrações desta edição são datadíssimas e muito pouco do meu agrado mas é maravilhoso ler em português do Brasil e ensinar-lhes novas palavras da nossa língua.
Existe uma outra edição que gostaria de conhecer ilustrada pelas irmãs Dumont,
famosas bordadeiras de Brasília.
Mesmo assim, agradeço sugestões para variações sobre o tema.
.......................................................................................
A bola e o goleiro
Contexto Editora, 1986
Jorge Amado texto, Aldemir Martins ilustrações
encontrado aqui

1 comentário :

  1. Oi! cheguei aqui ao procurar bordadeiras, então aproveito pra avisar que eu também tenho um livro sobre o tema, publicado pela Ática, chama-se Melhor de três!

    ResponderEliminar

Designed by DigitalBeautiful