4.6.09

um par

A propósito do calor regressámos a Um dia da praia, o meu preferido - com o P de Pai - da Planeta Tangerina.
Esta é uma história, um acontecimento, contado por imagens de cores lindíssimas, quentes. O jogo de apanhar lixo na praia, de guardar os tesouros que o mar traz, dá origem a uma construção doida. Um barco, afinal.
E gosto ainda mais dele desde que soube disto - coincidências acontecem, mesmo as mais extraordinárias.
Hoje mostro este livro do Bernardo Carvalho

junto com um outro de Franciszka Themerson. (Ia contar um pouco do que sei desta fantástica senhora quando encontrei este post. De lá só quero sublinhar o alfabeto filosófico [cliquem no slideshow]. É mesmo imperdível.)
O livro da polaca não é só de imagens. É um clássico livro ilustrado com 4 histórias tradicionais. Mas as ilustrações são tudo menos tradicionalistas.

Agrada-me este par:
Homem

Mulher

2008

1947

Portugal

Polónia

Suponho que os autores usem até técnicas diferentes, mas o resultado é de uma mesma família e que bela família.

As paletas são diferentes mas ambas têm uma fabulosa estranheza.

Livros de imagens sólidas, mas cheias de camadas. Bidimensionais, mas cheias de espessura.
......................................................................................
My first nursery book
Tate Publishing, 2008 (1ª edição: 1947)
Franciszka Themerson
isbn 9781854378064
primeiro visto aqui
comprado aqui

Um dia na praia
Planeta Tangerina, 2008
Bernardo Carvalho
isbn 9789898145079
encontrado aqui


--------------------------------------------------------------------------------------
Excelente artigo sobre ser pais hoje.

1 comentário :

  1. oi, Sal!

    Escrevo só pra dizer que seu blog é incrível e que sempre fico louca pra ver ao vivo o que vejo aqui.
    Obrigada por compartilhar suas descobertas!

    Silvia

    ResponderEliminar

Designed by DigitalBeautiful